/Qual é a diferença entre aerofólio e spoiler?

Qual é a diferença entre aerofólio e spoiler?

No ramo automobilístico e principalmente entre os apaixonados por tunning e personalização, os aerofólios e spoiler são famosos por dar um design esportivo e luxuoso ao carro. Porém, muita gente na hora de comprar os acessórios acaba se confundindo e não entende qual é a diferença entre o aerofólio e o spoiler.

Apesar dessas peças serem facilmente encontradas em lojas de som e acessórios para carros, cada uma tem uma função diferente, que vai além da estética.

Se você também tem essa dúvida confira no nosso artigo qual a diferença entre esses equipamentos.

O que é um spoiler?

O spoiler, também chamado de barragem de ar, é um acessório que desvia o ar no veículo em movimento.

Ele é instalado nas extremidades dianteiras ou traseiras do carro, normalmente abaixo do para-choque, a fim de reduzir a passagem de ar sobre a carroceria e desviá-lo para as laterais.

Algumas pessoas também usam esse acessório como meio de esconder elementos mecânicos.

O equipamento tem o objetivo de direcionar o ar naquela região para reduzir a resistência dos fluxos de ar sobre o carro quando ele está em alta velocidade.

A maioria dos motoristas usa o equipamento apenas por estética, mas em velocidades altas, principalmente acima de 150 km/h, sua função é reduzir intencionalmente a sustentação do veículo.

Além disso, por ter mais finalidade estética do que aerodinâmica, o spoiler é encontrado em diversos materiais como fibra de vidro, de carbono ou em plástico, sendo facilmente instalado sem perfurações no automóvel.

E o que é o aerofólio?

Também chamado de asa traseira, o aerofólio funciona semelhante a uma asa de avião, mas que pressiona o veículo para baixo.

Se, por exemplo, a asa mantém o avião suspenso no ar e reduz a turbulência, nos carros, o aerofólio atua com uma força vertical que empurra o carro contra o solo.

Essa força vertical é a pressão aerodinâmica, um resultado do formato do aerofólio com seu ângulo de inclinação.

A peça é utilizada principalmente em carros de Fórmula 1, pois estando a uma velocidade de 300 km/h, por exemplo, e sem aerofólio, o automóvel provavelmente levantaria voo.

Nos carros de passeio, essa peça só é realmente eficiente em situações com velocidade acima de 80 km/h, pois o vento passa pelo equipamento e quando o ar é forçado para baixo, ele empurra o veículo para mais perto do chão.

Basicamente seu funcionamento se deve a uma pequena manipulação da força da gravidade e o resultado é uma dirigibilidade mais confortável, sem instabilidades, e mais segurança.

Qual é a diferença entre o spoiler e o aerofólio?

De forma geral, pode-se dizer que no aerofólio o ar passa por dois orifícios enquanto no spoiler o fluxo passa apenas por um. Além disso, no aerofólio o ar passa pela parte superior e inferior, enquanto no spoiler os fluxos passam apenas pela parte superior.

Porém, o aerofólio tem o objetivo de aumentar o arrasto aerodinâmico no carro, enquanto o spoiler reduz essa força.

Outra diferença é que no aerofólio o ângulo do acessório influencia diretamente na velocidade e no arrasto do veículo.

Dessa forma, quanto maior o ângulo do aerofólio, maior o arrasto no carro e menos velocidade.

Apesar de serem uns dos itens mais buscados para personalização, ambos os acessórios só são realmente úteis em alta velocidade, o que não acontece com motoristas que rodam apenas em centros urbanos.

Por isso, o ideal é adquirir um desses equipamentos apenas caso você participe de competições de tunning ou eventos semelhantes.

Ainda tem alguma dúvida sobre como eles funcionam? Deixe seu comentário!

TAGS: